sarau

Dicas para organizar um sarau com seus amigos

by • 29 de março de 2014 • LifestyleComments (0)163

0 Flares 0 Flares ×

Final de semana. A cena repete-se em quase todos os núcleos de amigos: um telefona para o outro, “Onde é a festa hoje? Onde vai ser a cervejada esta noite?” E assim sucessivamente, até que a turma toda esteja reunida em torno da uma mesa de bar, ou disputando alguns centímetros da pista de dança. Até que, numa sexta-feira meio morosa, alguém levanta a questão: “Por que a gente não faz algo diferente hoje?” Uns fazem cara feia, preguiçosos, preferindo a fórmula halterocopismo-com-papo-furado de sempre. Outros vão topar, e perguntar: “Mas o quê, por exemplo?”

Eis a nossa sugestão de hoje: um sarau poético-literário. Treine sua impostação de voz e arrisque!

Dicas para organizar um sarau

Quer umas dicas? Organizar um evento desses é bastante simples. Tudo o que você vai precisar é de amigos, textos, um local e bebida. Por ordem:

Amigos: convide toda a turma para o sarau. Metade não vai aparecer, justificando o aniversário da Tia Vendelina em Pororoca do Sul. Não tem problema: num sarau, o importante é ter pessoas participativas. Platéia e aglomeração mais atrapalham do que ajudam, já que são essenciais o silêncio e a concentração. Aos poucos, você vai formando um grupo forte de declamadores. Vale interpretar, também; aquela sua amiga que cursa Artes Cênicas vai adorar. Indispensável é que todos sejam incentivados para ler, declamar, interpretar, gritar, seja lá de que maneira for. Se você não achar sua performance boa, leia outro, treine mais. Mas siga insistindo.

Textos: muitos. Selecione poesias, crônicas, contos e fragmentos de romance de seus autores preferidos para o seu sarau. Procure não escolher os longos demais, para não perder a atenção dos ouvintes. Outro tempero interessante é exigir, como regra, a leitura de pelo menos um texto próprio de cada participante. Tem gente que fica envergonhada, tem gente que só vai ler os seus próprios textos; mas é bacana para aproximar as amizades, testar estilos, adquirir confiança. É quase dinâmica de grupo.
Dica: Nos sites do IG e do Terra existem seções de livros online, disponíveis para download gratuito. Use para pesquisar textos para leitura.

Local: pode ser uma casa ou apartamento de um dos participantes. É gostoso espalhar almofadões pela sala: as pessoas ficam bem aconchegadas e podem prestar atenção na leitura sem preocupar-se com dor nas costas; e a voz de quem lê, em pé, no centro, circula melhor pelos ouvidos. Se o tempo estiver bom e houver um pátio ou terraço, é altíssimo astral realizar o sarau ao ar livre, sob a luz das estrelas e da lua. Só não esqueça de colocar pilhas na lanterna – ou, se for fazer uma fogueira, de obedecer às normas de segurança para não colocar fogo nos participantes.

Bebida: isso depende de cada um, mas vinho conspira perfeitamente com a atmosfera poética e lírica – sem falar que manda a timidez para longe. No calor, um chardonnay geladinho é perfeito; no frio, um tinto não muito seco, como um pinot noir ou um Barbera caem muito bem. (E, de experiência própria: com vinho da colônia, daqueles de garrafão, é uma maravilha também.) Se tudo for um sucesso, ao longo de algumas horas até os mais quietos estarão declamando sonetos de joelhos, com os olhos cheios de lágrimas.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Reddit 0 Email -- StumbleUpon 0 0 Flares ×